Neste artigo apresentamos algumas das reflexões que consideramos significativas em tomo de um tema socioeconómico de crescente pertinência e actualidade, o qual foi objecto de investigação aprofundado com vista à obtenção do Grau de Doutor no ISEG/UTL intitulada: Emprego e formas de precariedade da actividade laboral em Portugal. Pretende-se analisar uma temática socioeconómica -indissociavelmente ligada ao estudo do binómio trabalho/emprego -que pela sua importância justifica um estudo global do conceito, das suas vertentes, do impacte social que apresenta nas sociedades contemporâneas -em especial na portuguesa -, e da expansão de um fenómeno que, provavelmente, afectará futuras gerações. Este artigo faculta alguns contributos para a compreensão da precariedade laboral, maxime uma tipologia da precariedade da actividade laboral.